A auto-imagem: possibilidade e limitações da mudança.

Autores

  • Tereza Cristina Erthal

Resumo

O objetivo deste artigo é estabelecer uma relação entre a auto-imagem e a possibilidade de se realizar mudanças no indivíduo. Inicialmente fazem-se algumas apreciações sobre as diversas terminologias empregadas para definir o self. Enfoca-se também como o desenvolvimento da auto-imagem ocorre e a possibilidade ou não de uma mudança do autoconceito acontecer. Alguns fatores impedidores da mudança são mostrados na tentativa de explicar os mecanismos empregados pelo ser humano para preservarsua estrutura de self. Finalmente, é proposta, dentro da filosofia adotada pela autora (existencial humanista), uma forma de integração da auto-imagem (real e ideal), diminuindo assim a discrepância nela existente, mantida atéentão pelo indivíduo. Como resultado dessa integração, o indivíduo consegue obter uma forma de comunicação mais autêntica consigo próprio e, conseqüentemente, em outros tipos de relação interpessoal.

Downloads

Publicado

1986-04-09

Edição

Seção

Psicologia Clínica