Preço de terras, inflação e o ganho real das commodities agrícolas

Autores

  • Amanda Skokoff Rosa
  • Felipe de Lima Junqueira Franco Fabbri
  • Jéssica Olivier

Resumo

O desempenho positivo das commodities agrícolas e o baixo nível da taxa básica de juros (Selic) até 2021 aumentaram a busca pelo investimento em terra e, consequentemente, refletiram em um aumento do preço de terras e dos arrendamentos para agricultura. No entanto, neste momento, alguns fatores apontam para a redução da liquidez no mercado de terras, com destaque para o aumento da Selic. Com as recentes elevações dessa taxa, as aplicações financeiras devem garantir um retorno próximo a 12% a.a., o que, certamente, fará com que os investidores deem preferência por direcionar seu capital para esse tipo de aplicação, em detrimento à terra.

Downloads

Publicado

2022-09-22

Edição

Seção

Mercado & Negócios