As redes sociais dos empreendedores na formação do capital social: um estudo de casos múltiplos em municípios do norte pioneiro no estado do Paraná

Conteúdo do artigo principal

Norma Pimenta Cirilo Ducci
Rivanda Meira Teixeira

Resumo

Quando as redes sociais, construídas pelos contatos formais e informais, contribuem para o alcance dos objetivos dos empreendedores, essas redes são seu capital social (BURT, 1992). Este trabalho tem como objetivo compreender como as redes sociais são utilizadas pelos empreendedores na construção do seu capital social. Especificamente, analisam-se quais os tipos de redes desenvolvidos pelos empreendedores e quais os recursos acessados através desses relacionamentos na criação e desenvolvimento do negócio. Realizou-se um estudo qualitativo de casos múltiplos em três empreendimentos localizados na região norte pioneiro do Paraná. As evidências foram coletadas por meio de entrevistas semiestruturadas com os empreendedores, observação e análise de documentos. Os resultados do trabalho sugerem que nas duas fases dos negócios, de criação e desenvolvimento, a rede social dos empreendedores permitiram acesso aos diferentes recursos que influenciaram de forma significativa na trajetória e nos resultados alcançados. Ainda, partindo da ideia de que capital social é o benefício que pode ser derivado da rede social, é procedente afirmar que os diferentes recursos acessados pelos empreendedores do estudo contribuíram para a formação do seu capital social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Ducci, N. P. C., & Teixeira, R. M. (2011). As redes sociais dos empreendedores na formação do capital social: um estudo de casos múltiplos em municípios do norte pioneiro no estado do Paraná. Cadernos EBAPE.BR, 9(4), 967 a 997. Recuperado de https://periodicos.fgv.br/cadernosebape/article/view/5229
Seção
Artigos