Mapa de políticas públicas para a juventude e o trabalho na cidade de São Paulo: Uma perspectiva contemporânea

Conteúdo do artigo principal

Luís Paulo Bresciani
https://orcid.org/0000-0002-6028-4493
Maria Carla Corrochano
https://orcid.org/0000-0001-8030-6461
Maria Eduarda Raymundo Nogueira

Resumo

O artigo busca apresentar a sistematização e análise das políticas públicas de geração de trabalho e renda para a juventude, na cidade de São Paulo (SP), com o objetivo de investigar as principais mudanças havidas desde 2013. Buscou-se, por meio do levantamento empírico, estabelecer conexões entre a base conceitual das políticas para juventude e as teorias de análise de políticas públicas, utilizando-se os modelos do equilíbrio interrompido e das coalizões de defesa para interpretar a inflexão nas referidas políticas de juventude e trabalho. Foi possível assim compreender fatores relevantes para a movimentação do tema do empreendedorismo rumo ao centro da formulação de políticas de trabalho e renda, desde a segunda metade dos anos 2010.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
BRESCIANI, L. P.; CORROCHANO, M. C.; NOGUEIRA, M. E. R. Mapa de políticas públicas para a juventude e o trabalho na cidade de São Paulo: Uma perspectiva contemporânea. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, São Paulo, v. 28, p. e84763 , 2023. DOI: 10.12660/cgpc.v28.84763. Disponível em: https://periodicos.fgv.br/cgpc/article/view/84763. Acesso em: 21 abr. 2024.
Seção
Artigos

Referências

Abramo, H. W., & Branco, P. P. M. (Ed.) (2005). Retratos da juventude brasileira: análises de uma pesquisa nacional. São Paulo: Fundação Perseu Abramo.

Abramo, H. W., Venturi, G., & Corrochano, M. C. (2020). Estudar e trabalhar: um olhar qualitativo sobre uma complexa combinação nas trajetórias juvenis. Novos Estudos Cebrap, 39(3), 523-542. https://doi.org/10.25091/s01013300202000030004 DOI: https://doi.org/10.25091/s01013300202000030004

Agência São Paulo de Desenvolvimento (ADE SAMPA) (2019). Edital de Chamamento Público nº 052/2019. São Paulo. Recuperado de https://adesampa.com.br/adeeditais/wp-content/uploads/2022/03/Edital-VAI-TEC-5-VFinal-20dez19-1-1.pdf

Almeida, L., & Gomes, R. (2018). Processo das políticas públicas: revisão de literatura, reflexões teóricas e apontamentos para futuras pesquisas. Cadernos EBAPE-BR, 16(3), 444-455. https://doi.org/10.1590/1679-395164108 DOI: https://doi.org/10.1590/1679-395164108

Arretche, M. (2015). Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo: Editora Unesp.

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Lei Estadual 10.321/1999. Cria o Programa Emergencial de Auxílio Desemprego. São Paulo, ALESP, 1999. Recuperado de https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/lei/1999/original-lei-10321-08.06.1999.html

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Decreto Estadual 50.009/2005. Autoriza a Secretaria da Cultura a, representando o Estado, celebrar convênios com entidades privadas, sem fins lucrativos, visando à transferência de recursos financeiros para a consolidação do Programa Cultura e Cidadania para a Inclusão Social: "Fábricas de Cultura". São Paulo, ALESP, 2005. Recuperado de https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/2005/decreto-50009-19.09.2005.html

Barão, M., Resegue, M., & Leal, R. (Ed.) (2021). Atlas das juventudes. São Paulo: Pacto das Juventudes pelos ODS.

Brasil (2011). Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude. Brasília, Ministério do Trabalho e do Emprego.

Brasil (2016). Políticas Públicas de Trabalho, Emprego e Renda para Juventude. Brasília, Ministério do Trabalho e do Emprego. Recuperado de: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/ce/arquivos/apresentacao-flavio-jose-mte-21-06-16#:~:text=Plano%20Nacional%20de%20Trabalho%20Decente%20para%20Juventude%20-,e%20melhor%20inserção%20dos%20jovens%20no%20mundo%20do

Capella, A. C. N. (2006). Perspectivas teóricas sobre o processo de formulação de políticas públicas. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, (61), 25-52. Recuperado de: http://www.anpocs.org/index.php/edicoes-anteriores/bib-61

Coletiva Jovem (2022). O que nós podemos construir. Coletiva Jovem. Recuperado de https://coletivajovem.org.br

Comin, A. (2015). Desenvolvimento econômico e desigualdades no Brasil. Em M. Arretche (Ed.), Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo: Editora Unesp, pp. 367-394

Corrochano, M. C. (2012). O trabalho e a sua ausência: narrativas juvenis na metrópole. São Paulo: Annablume.

Corrochano, M. C., Abramo, H., & Abramo, L. W. (2017). O trabalho juvenil na agenda pública brasileira: avanços, tensões, limites. Revista Latinoamericana de Estudios del Trabajo, 22(36), 135-169. Recuperado de http://alast.info/relet/index.php/relet/article/view/289

Corrochano, M. C., & Freitas, M. V. (2016). Trabalho e condição juvenil: permanências, mudanças, desafios. Em Novaes, R.; Venturi, G.; Ribeiro, E.; Pinheiro, D. (Ed.). Agenda Juventude Brasil: leituras sobre uma década de mudanças. Rio de Janeiro: Unirio, pp. 155-174.

Corseuil, C. H. L., & Franca, M. A. P. (2015). Inserção dos jovens no mercado de trabalho brasileiro: evolução e desigualdades no período 2006-2013. Brasília: OIT.

Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo (2018). Edital nº 07/2018: Sampa Criativa. São Paulo. Recuperado de https://bit.ly/2vJffnA

FAB LAB Livre SP (2021). O que é? Recuperado de https://fablablivresp.art.br/o-que-e

Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) (2022). Sistema Seade de Projeções Populacionais. Recuperado de www.produtos.seade.gov.br/produtos/projpop/

GOYN-SP: o futuro é jovem (2022). Global Opportunity Youth Network. Recuperado de https://goynsp.org/coalizao/

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2021). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua: Séries Históricas. Recuperado de https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/9173-pesquisa-nacional-por-amostra-de-domicilios-continua-trimestral.html?=&t=series-historicas&utm_source=landing&utm_medium=explica&utm_campaign=desemprego

Matos, A. C., Souza, A. A., & Hariz, M. S. (2015). Manual do jovem empreendedor. São Paulo: Fiesp.

Novaes, R., & Vannuchi, P. (Ed.) (2004). Juventude e sociedade: trabalho, educação, cultura e participação. São Paulo: Fundação Perseu Abramo/Instituto Cidadania, 304 pp.

Novaes, R.; Venturi, G.; Ribeiro, E.; Pinheiro, D. (Ed.) (2016). Agenda Juventude Brasil: leituras sobre uma década de mudanças. Rio de Janeiro: Unirio.

Prefeitura de São Paulo (2003). Lei nº 13.540, de 24 de março de 2003. Institui o Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais – VAI – no âmbito da Secretaria Municipal de Cultura e dá outras providências. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2004). Lei nº 13.841, de 7 de junho de 2004. Dispõe sobre normas do Programa Bolsa-Trabalho – PBT e revoga a Lei nº 13.163, de junho de 2001. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2009). Lei 14.968, de 30 de julho de 2009. Dispõe sobre a qualificação do turismo no Município de São Paulo através da capacitação de jovens e adultos. Casa Civil do Gabinete do Prefeito, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2013a). Lei nº 15.838, de 4 de julho de 2013. Autoriza o Poder Executivo a instituir Serviço Social Autônomo denominado Agência São Paulo de Desenvolvimento – ADE SAMPA; institui o Programa para a Valorização de Iniciativas Tecnológicas – VAI TEC, no âmbito da ADE SAMPA; modifica dispositivos da Lei nº 14.517, de 16 de outubro de 2007. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2013b). Lei nº 15.897, de 8 de novembro de 2013. Altera a Lei nº 13.540, de 24 de março de 2003, que criou o Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais – VAI, instituindo duas modalidades de apoio às atividades Artístico-Culturais, no âmbito da Secretaria Municipal de Cultura. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2014). Decreto nº 55.462, de 29 de agosto de 2014. Regulamenta o Programa para Valorização de Iniciativas Tecnológicas - VAI TEC, instituído no âmbito da Agência São Paulo de Desenvolvimento - ADE SAMPA, nos termos da Lei nº 15.838, de 4 de julho de 2013. Casa Civil do Gabinete do Prefeito, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2016). Lei nº 16.496, de 20 de julho de 2016. Institui o Programa de Fomento à Cultura da Periferia de São Paulo. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2018). Decreto nº 58.330, de 20 de julho de 2018. Institui o Programa Trabalho Novo no Município de São Paulo. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo (2019). Processo nº 6.074.2019/0000490-9. Acordo de Cooperação Técnica entre a Municipalidade de São Paulo e a Instituição Besouro de Fomento Social e Pesquisa – Coordenação de Políticas para Juventude – Projeto “Don@ do meu trampo”. Diário Oficial da Cidade de São Paulo, São Paulo.

Prefeitura de São Paulo. Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (2020). Audiovisual. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/desenvolvimento/cursos/qualificacao/index.php?p=8630

Prefeitura de São Paulo. Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (2022). Juventude, Trabalho e Fabricação Digital. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/desenvolvimento/cursos/index.php?p=227338

Prefeitura de São Paulo. Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (2022). Don@ do Meu Trampo. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/direitos_humanos/juventude/programas_e_projetos/index.php?p=291295

Prefeitura de São Paulo. Secretaria Municipal de Cultura (2020a). Edital de Chamamento Público nº 06/2020. São Paulo. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/upload/edital_vai_1_1582924875.pdf

Prefeitura de São Paulo. Secretaria Municipal de Cultura (2020b). Edital de Chamamento Público nº 07/2020. São Paulo. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/upload/edital_vai_2_1582924891.pdf

Prefeitura de São Paulo. Secretaria Municipal de Cultura (2020c). Edital Programa Jovem Monitor Cultural 2020/2021. São Paulo. Recuperado de http://supervisaodeformacao.prefeitura.sp.gov.br/index.php/download/edital-programa-jovem-monitor-cultural-2020/

Prefeitura de São Paulo. Subprefeitura Capela do Socorro (2019). Fábrica de Negócios. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/capela_do_socorro/noticias/?p=97493

Ribeiro, C. A. C., & Schlegel, R. (2015). Estratificação horizontal da educação superior no Brasil (1960 a 2010). Em M. Arretche (Ed.). Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo: Editora Unesp. . pp. 133-162

Ribeiro, C. C., Ceneviva, R., & Brito, M. M. A. (2015). Estratificação educacional entre jovens no Brasil: 1960 a 2010. Em M. Arretche (Ed.). Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo: Editora Unesp. pp. 79-108.

Ribeiro, E., & Macedo, S. (2018). Notas sobre políticas públicas de juventude no Brasil: conquistas e desafios. Revista de Ciencias Sociales, 31(42), 107-126. https://doi.org/10.26489/rvs.v31i42.5 DOI: https://doi.org/10.26489/rvs.v30i41.5

Ribeiro, V. (2021). Pesquisa aponta que os jovens são os mais afetados pelo desemprego. Rádio Agência Nacional. Recuperado de https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/economia/audio/2021-08/pesquisa-aponta-que-os-jovens-sao-os-mais-afetados-pelo-desemprego

São Paulo, Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa. Fábrica de Cultura: Perguntas Frequentes. Recuperado de http://fabricasdecultura.org.br/programa-fabricas-de-cultura/faq.php

São Paulo, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (2019). Frente de Trabalho proporciona qualificação profissional e renda. Recuperado de https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/frente-de-trabalho-proporciona-qualificacao-profissional-e-renda-em-sp/

São Paulo, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (2021). Programa São Paulo Criativo. Recuperado de https://www.desenvolvimentoeconomico.sp.gov.br/ programas/sao-paulo-criativo/

Saravia, E. (2006). Introdução à teoria da política pública. Em E. Saravia, & E. Ferrarezi (Ed.). Políticas públicas: coletânea. Brasília: ENAP. v. 1, pp. 28-29.

Secchi, L. (2013). Políticas públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. 2. ed. São Paulo: Cengage.

Souza, C. (2006). Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologias, 8(16), 20-45. https://doi.org/10.1590/S1517-45222006000200003 DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-45222006000200003

Souza, D. (2021). Ocupar o futuro. São Paulo: Ação Educativa.

Souza, Y. & Secchi, L. (2015). Extinção de políticas públicas: síntese teórica sobre a fase esquecida do policy cicle. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, 20(66), 75-93. https://doi.org/10.12660/cgpc.v20n66.39619 DOI: https://doi.org/10.12660/cgpc.v20n66.39619

Sposito, M. P. (2007). Espaços públicos e tempos juvenis: um estudo de ações do poder público em cidades de regiões metropolitanas brasileiras. São Paulo: Global/Ação Educativa.

Tommasi, L., & Corrochano, M. C. (2020). Do qualificar ao empreender: políticas de trabalho para jovens no Brasil. Estudos Avançados, 34(99), 353-371. https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3499.021 DOI: https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3499.021