(1)
Hoyler, S. O Boato: Comunicação patológica. RAE 1966, 6, 59-73.