[1]
C. W. Bergamini, “Os bruxos da administração: como entender a babel dos gurus empresariais”, RAE, vol. 38, no. 3, pp. 77–78, Jul. 1998.