[1]
W. M. de Abreu e R. C. Gomes, “O orçamento público brasileiro e a perspectiva emancipatória: existem evidências empíricas que sustentam esta aproximação?”, Rev. Adm. Pública, vol. 47, nº 2, p. 515 a 540, abr. 2013.