Probabilidade de Informação Privilegiada no Mercado de Ações, Liquidez Intra-Diária e Níveis de Governança Corporativa

Autores

  • Claudio Henrique da Silveira Barbedo Instituto COPPEAD de Administração
  • Eduardo Camilo da Silva Instituto COPPEAD de Administração
  • Ricardo Pereira Câmara Leal Instituto COPPEAD de Administração

Resumo

Listagens de ações baseadas em práticas de Governança Corporativa são utilizadas pelas bolsas de valores para sinalizar ao investidor uma maior proteção contra expropriações praticadas pelos grupos controladores. Neste trabalho, aproveitamos o experimento natural único oferecido pela Bovespa e medimos a probabilidade de ocorrência de transações baseadas em informação (PIN) das ações listadas nos mercados Tradicional, Nível 1, Nível 2 e Novo Mercado. Os resultados confirmam a hipótese de que níveis mais altos de governança apresentam menor PIN. Adicionalmente, classes de listagens mais líquidas apresentaram PIN menor do que as menos líquidas devido, sobretudo, à maior presença de investidores não-informados.

Biografia do Autor

Claudio Henrique da Silveira Barbedo, Instituto COPPEAD de Administração

aluno do doutorado

Eduardo Camilo da Silva, Instituto COPPEAD de Administração

aluno do doutorado

Ricardo Pereira Câmara Leal, Instituto COPPEAD de Administração

professor titular

Publicado

2009-04-01

Edição

Seção

Artigos