Validando um Modelo Dinâmico de Equilíbrio Geral Computável para a Economia Brasileira

Autores

Palavras-chave:

Matriz insumo-produto (MIP), Matriz de contabilidade social (MCS), Equilíbrio geral computável (EGC), Previsão

Resumo

Modelos de equilíbrio geral computável (EGC) são uma ferramenta de simulação e análise dos potenciais efeitos da implementação de políticas sobre o comportamento dos agentes, o fluxo de renda e o bem-estar das famílias. Esses modelos são alimentados pelos dados disponíveis em uma Matriz de Contabilidade Social (MCS), a qual é construída a partir da Matriz Insumo Produto (MIP). Neste trabalho testou-se a performance de um EGC dinâmico padrão utilizando com fonte de dados duas MIPs: a do NEREUS e a do IBGE. A performance do modelo foi avaliada com base nas MCSs projetadas (5 anos para frente) após comparadas aos dados do IBGE para aquele ponto do tempo. Os resultados apontam a MIP do IBGE como a mais adequada para execução do modelo.

Biografia do Autor

Christiano Modesto Penna, UFC/Sobral

Prof. Ciencias Econômicas e Finanças da UFC - Campus Avançado Sobral

Downloads

Publicado

2024-04-04

Edição

Seção

Artigos