O capital intelectual no sector público

Autores

  • Maria da Conceição da Costa Marques

Palavras-chave:

Capital intelectual, Sector público, Activos intangíveis

Resumo

Com a denominação de Capital Intelectual pretende-se reconhecer o conjunto de activos intangíveis de que dispõe uma organização. Os administradores das entidades públicas gerem activos intangíveis, tanto ou mais que os seus colegas das empresas privadas, o que justifica o seu crescente interesse nos progressos do Capital Intelectual. É de qualquer modo um tanto difícil aplicar ao sector público modelos desenhados para as empresas, tanto mais que os objectivos das administrações públicas diferem das empresas privadas, como a maximização do resultado ou a criação de valor para o accionista. Os recursos humanos, com os seus conhecimentos, habilidades e atitudes, são fundamentais para que a entidade atinja os seus objectivos. A determinação do Capital Intelectual permite o estabelecimento de objectivos realistas assim como a pronta resolução dos problemas. Este trabalho tem um duplo objectivo: analisar os distintos critérios propostos na literatura para diferenciar entre tipos de Capital Intelectual, e propor um modelo de Capital Intelectual adaptado às características especiais do sector público. Apresentam-se também alguns indicadores de gestão do Capital Intelectual destinados ao sector público, agrupados em várias categorias.

Downloads

Publicado

2004-10-01

Como Citar

MARQUES, M. da C. da C. O capital intelectual no sector público. Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão, Rio de Janeiro, RJ, v. 3, n. 4, p. 30–41, 2004. Disponível em: https://periodicos.fgv.br/rbpg/article/view/79233. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos