Voltar aos Detalhes do Artigo Surpresa fiscal positiva já foi em boa parte consumida por novos gastos e desonerações Baixar Baixar PDF