Diálogo Interreligioso e Construção da Cidadania em um Mundo Globalizado: a contribuição do sincretismo religioso brasileiro

Autores

  • Renato Somberg Pfeffer IBMEC-MG/ Funcesi- Itabira

DOI:

https://doi.org/10.12660/rm.v1n2.2009.62783

Resumo

Uma ética planetária inspirada no diálogo deve admitir que nossa cultura é apenas uma entre outras e desistir de qualquer obsessão imperialista. Isto implica em assumirmos a democracia como única alternativa possível para a humanidade. O sucesso de um projeto democrático depende da capacidade humana de encontrar referentes éticos mínimos. Isso torna urgente o reconhecimento universal que o diálogo entre as diversas tradições culturais deve receber. O diálogo interreligioso, em especial, é fundamental neste processo. Esse artigo defende a ideia que o sincretismo religioso brasileiro tem muito a aportar para concretização desta utopia.

Biografia do Autor

Renato Somberg Pfeffer, IBMEC-MG/ Funcesi- Itabira

Professor adjunto da Faculdade IBMEC-MG e da Funcesi-Itabira. Doutor pelo programa interdisciplinar FILOSOFIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE pela Universidade Complutense de Madrid (2006). Possui graduação em HISTÓRIA pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Belo Horizonte (1985), graduação em COMUNICAÇÃO SOCIAL pela Universidade Federal de Minas Gerais (1987), pós graduação em HISTÓRIA DO BRASIL pela Pucminas (1988) e mestrado em SOCIOLOGIA pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993).

Downloads

Publicado

18.10.2009

Edição

Seção

Artigo Livre