Imagens de si de líderes do passado e do presente da torcida organizada Máfia Azul no discurso sobre violência e elitização no futebol

Autores

  • Thiago Madureira Alvarenga Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.12660/rm.v9n14.2018.74022

Palavras-chave:

Torcida organizada, Ethos, Máfia Azul, Violência, Elitização do futebol

Resumo

Dois líderes da Máfia Azul de gerações e trajetórias distintas: o italiano Jean Marc, 55 anos, um dos primeiros integrantes da organizada, que a presidiu no início dos anos 2000, e o jovem mineiro Daniel Sales, 33 anos, atual mandatário. Apesar das diferenças entre eles, podemos identificar um possível ethos em comum desses torcedores organizados do passado e do presente? Para tanto, analisaremos narrativas dos torcedores sob eixos caros às organizadas: violência e elitização do futebol. Serão utilizados conceitos teóricos-metodológicos da Análise do Discurso, mais especificamente Teoria Semiolinguística. Esses torcedores demonstram ethé de virilidade e agressividade quando o assunto é violência e de marginalizados e excluídos no tocante à elitização do futebol.

Biografia do Autor

Thiago Madureira Alvarenga, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Repórter do jornal Estado de Minas e mestrando em Estudos de Linguanges do Cefet-MG

Referências

AMOSSY, Ruth. (Org). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005.

ARFUCH, Leonor. O espaço biográfico: dilemas da subjetividade contemporânea. Rio de Janeiro, EDUERJ, 2010.

BARRETTO, Túlio Velho; NASCIMENTO, Cristiano. Os espaços físicos e o habitus dos torcedores brasileiros em estádios de futebol: o que pode mudar com a adoção do ‘padrão Fifa’ para a Copa de 2014? In: REUNIÃO ANUAL DA ANPOCS, 35, 2011, p. 4.

BOGDAN, Roberto C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em educação. Tradução Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

CAMPOS; Priscila Ferreira; BRUZZI, Rúbio Sabino; Silvio Ricardo da. Elitização do Mineirão? Análise a partir da origem social dos torcedores. Revista Brasileira de Estudos do Lazer. Belo Horizonte, v. 3, n.1, p. 126-141, jan./abr. 2016.

CHARAUDEAU, Patrick. A patemização na televisão como estratégia de autenticidade. In: MENDES, Emília; MACHADO, Ida Lúcia (Orgs.). As emoções no discurso. 1. ed. Campinas: Mercado das Letras, 2010, vol. 2, p. 23-56.

_____________, Patrick. Les stéréotypes, c’est bien. Les imaginaires, c’est mieux. In: Boyer H. (dir.) Stéréotypage, stéréotypes: fonctionnements ordinaires et mises en scène. Paris:L’Harmattan, 2007.

CRUZ, Antônio. A virada econômica do futebol: observações a partir do Brasil, Argentina e uma Copa do Mundo. 228f. 2010. Tese (Doutorado Antropologia Social) - Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

KERBRAT-ORECCHIONI, Catherine. La enunciación – de la subjetividad em el lenguaje. Buenos Aires: Edicial S.A., 1997.

LOPES, Felipe Tavares Paes. Discursos sobre violência envolvendo torcedores de futebol: ideologia e crítica na construção de um problema social. 2012. 192f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: http://goo.gl/KfyqE5. Acesso em: 26 out. 2017.

MAINGUENEAU, Dominique. A propósito do ethos. In: MOTTA, Ana Raquel; SALGADO, Luciana (Orgs.). Ethos discursivo. São Paulo: Contexto, 2008. p. 11-25.

MASCARENHAS, Gilmar. Um jogo decisivo, mas que não termina: a disputa pelo sentido da cidade nos estádios de futebol. Cidades, v. 10, n. 17, p.142-70, 2013. Disponível em: http://revista.fct.unesp.br/index.php/revistacidades/article/view/3238. Acesso em: 08 fev. 2017.

MORIN, Edgar. A entrevista nas Ciências Sociais, na Rádio e na televisão. IN: MOLES, Abraham A. et alii. Linguagem da cultura de massa. Petrópolis: Vozes, 1966.

MURAD, Mauricio. A violência no futebol. São Paulo: Benvirá, 2017.

PRAÇA, Gibson Moreira; SILVA, Sílvio Ricardo da. As torcidas organizadas de Belo Horizonte e suas manifestações. In: ENCONTRO NACIONAL DE RECREAÇÃO E LAZER, 21., 2009, São José, SC. Anais... São José, SC, 2009. Disponível em: https://goo.gl/rxZ5js. Acesso em: 26 out. 2017.

RIBEIRO, Elisa Antônia. A perspectiva da entrevista na investigação qualitativa. Evidência: olhares e pesquisa em saberes educacionais, Araxá/MG, n. 04, p.129-148, maio de 2008.

TOLEDO, Luiz Henrique. Torcidas organizadas de futebol. Campinas: Autores Associados: Anpocs, 1996.

Downloads

Publicado

09.07.2018