Primórdios batistas no Brasil: abertura de igrejas e formação da equipe missionária (1881-1886)

Autores

  • Pedro Henrique Alves Mestre em História, Política e Bens Culturais pelo Centro de Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC-FGV).

DOI:

https://doi.org/10.12660/rm.v12n18.2020.81333

Palavras-chave:

batistas, crescimento, missionário

Resumo

O objetivo desse artigo é caracterizar a inserção de missionários batistas estadunidenses no Brasil e elucidar as estratégias e escolhas de tal grupo para o estabelecimento de igrejas batistas no país. O texto, partindo da chegada no Brasil de uma equipe missionária batista enviada pela Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos, desenvolve o processo de aproximação do grupo com a população brasileira, a expansão das igrejas por algumas capitais e a constituição de um primeiro grupo de congregações batistas no Brasil.

Biografia do Autor

Pedro Henrique Alves, Mestre em História, Política e Bens Culturais pelo Centro de Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC-FGV).

Meste em História, Política e Bens Culturais pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da FGV.

Referências

Figura 1 - Alexander Travis Hawthorne. Acervo pessoal Betty Antunes de Oliveira.

Figura 2 - William e Anne L. Bagby (1886). Acervo pessoal Betty Antunes de Oliveira.

Referências bibliográficas:

AZEVEDO, Israel Belo de. A celebração do indivíduo: a formação do pensamento batista brasileiro. São Paulo: Vida Nova, 2004.

_________, Israel Belo de. Coluna e firmeza da verdade: história da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro. Vol. 1: 1884-1927. Rio de Janeiro: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, 1988, p.21.

BARBOSA, Celso Aloísio. AMARAL, Othon Ávila. O livro de ouro da CBB: epopeia de fé, lutas e vitórias. Rio de Janeiro: JUERP, 2007, p.21.

BARNES, William Wright. The Southern Baptist Convention (1845-1953). Nashville: Broadman Press, 1954, p.72.

CAVALCANTI, H. B. “The Right Faith at the Right Time? Determinantes of Protestant Mission Sucess in the 19th-Century Brazilian Religious Market”. Journal for the Scientific Study of Religion, Vol. 41, No. 3, Grand Rapids, 2002, p.425.

CESAR, Elben M. Lenz. História da Evangelização do Brasil: dos jesuítas aos neopentecostais. Viçosa: Editora Ultimato, 2000, p.79.

CRABTREE, A. R. História dos batistas no Brasil até 1906. Edição 2. Rio de Janeiro: Casa Publicadora Batista, 1962.

GINSBURG, Salomão. A missionary adventure: An Autobiography of Solomon L. Ginsburg. Nashville: Baptist Sunday School Board, 1921, p.27.

MENDONÇA, Antônio Gouvêa. O celeste porvir: a inserção do protestantismo no Brasil. São Paulo: Ed. Paulinas, 1984.

OLIVEIRA, Betty Antunes de. Centelha em restolho seco: uma contribuição para a história dos primórdios do trabalho batista no Brasil. São Paulo: Ed. Vida Nova, 2005, p.106.

REILY, Alexander Duncan. História Documental do Protestantismo no Brasil. Edição 3. São Paulo: ASTE, 2003, p.148.

TAYLOR, William Carey. Zachary Clay Taylor: uma biografia. Rio de Janeiro: edição livre, 1953, p. 83.

TUPPER, H. A. A Decade of Foreign Missions (1880-1890). Richmond: Foreign Mission Board, 1891, p.164.

WEAVER, Blanche Henry Clark. “Confederate Immigrantes and Evangelical Churches in Brazil”. The Journal of Southern History, Vol. 18, No. 4, Houston, 1952, p.446.

WRIGHT, Mary Emily. The Missionary Of The Southern Baptist Convention. Filadélfia: American Baptist Publication Society, 1902, p.64.

Downloads

Publicado

06.07.2020