As tias baianas tomam conta do pedaço... Espaço e identidade cultural no Rio de Janeiro

Autores

  • Mônica Velloso

Resumo

O artigo examina a situação da comunidade negra durante a organização modernizadora que caracterizou a cidade do Rio de Janeiro no início do século XX. A autora examina a especificidade dessa participação, que se manifestou fora dos canais político e institucionais formais. Especial ênfase é dada ao papel de liderança das "tias baianas", que se revelaram capazes de reunir, através de "centros" e "terreiros", todo um conjunto de tradições e experiências da escravidão havia. Associando a idéia de espaço à de identidade cultural, a autora mostra como o grupo formado pelos negros baianos se esforçou por reterritorializar seus valores e tradições, desse modo imprimindo sua marca na história da cidade.

Downloads

Publicado

1990-12-30

Edição

Seção

Artigos