Partidos Trabalhistas no Brasil: reflexões atuais

Autores

  • Maria Celina Soares D'Araujo

Resumo

Os partidos políticos são, no Brasil, instituições pouco legitimadas pela sociedade, e esta característica se acentua no caso dos partidos de trabalhadores. O artigo analisa as origens e ações do Partido Trabalhista Brasileiro - PTB (1945-1965), com o objetivo de demonstrar que a incorporação dos trabalhadores no processo político transcorreu lentamente. Embora o PTB tenha sido um partido trabalhista, ele não adotou a estratégia de representação autônoma e organizada dos trabalhadores: manteve laços estreitos com os sindicatos corporativos. No plano interno, o PTB se caracterizou por uma estrutura extremamente hermética e pelo culto ao carisma de Vargas. O artigo faz uma comparação com o Partido dos Trabalhadores (PT), criado em 1979. A autora mostra como a qualidade das relações entre partidos políticos e sindicatos alterou-se, e como essas duas experiências partidárias são diferentes do ponto de vista organizacional.. Isso confere ao PT a imagem de um partido que representa melhor os trabalhadores organizados em sindicatos e que contribuiu para uma pluralidade de posições no movimento operário.

Downloads

Publicado

1990-12-30

Edição

Seção

Artigos