Os Papéis dos Stakeholders na Implementação das Parcerias Público-Privadas no Estado da Bahia

Conteúdo do artigo principal

Sandro Cabral
Antonio Sérgio Araújo Fernandes
Daniel Barroso de Carvalho Ribeiro

Resumo

Este artigo analisa os papéis dos stakeholders na implementação de Parcerias Público-Privadas (PPP) no estado da Bahia. A pesquisa abarcou três experiências nas áreas de saúde, saneamento e esporte/cultura e avaliou todas as fases do ciclo de vida de cada PPP, da etapa inicial de enquadramento da proposta à execução contratual, passando pelas fases de financiamento e construção. Os principais resultados apontam que os diversos tipos de stakeholders (deliberantes, demandantes, controladores e financiadores) apresentam padrões de convergência e de divergência de interesses ao longo do ciclo de vida das PPP. De igual sorte, os achados da pesquisa revelam que os diversos stakeholders aparentam estar menos preparados para as etapas mais avançadas dos projetos. Tais resultados contribuem para os atuais debates sobre a aplicação da teoria de stakeholders no âmbito do setor público ao fornecer uma visão em perspectiva acerca dos padrões de atuação de grupos distintos de stakeholders em arranjos organizacionais inovadores como as PPP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Cabral, S., Fernandes, A. S. A., & Ribeiro, D. B. de C. (2016). Os Papéis dos Stakeholders na Implementação das Parcerias Público-Privadas no Estado da Bahia. Cadernos EBAPE.BR, 14(2), 325 a 339. Recuperado de https://periodicos.fgv.br/cadernosebape/article/view/47398
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Sandro Cabral, Universidade Federal da Bahia - Núcleo de Pós-Graduação em Administração

Professor do NPGA/EA-UFBA

Antonio Sérgio Araújo Fernandes, Universidade Federal da Bahia - Núcleo de Pós-Graduação em Administração

Professor do NPGA/EA-UFBA.

Daniel Barroso de Carvalho Ribeiro, Universidade Estadual do Piiauí

Mestre em Adminsitração pelo NPGA/EA-UFBA