Sustentabilidade do fazer artístico-cultural na cidade de Pelotas

Conteúdo do artigo principal

Maria Stael Bittencourt Madureira
Rodrigo Serpa Pinto

Resumo

Nos quase dois séculos de existência da cidade de Pelotas, sua tradição cultural tem sido reconhecida em todos os recantos do Rio Grande do Sul e, mesmo, em âmbito nacional. Mas, há muito, trabalhar com arte tem sido um processo cheio de reveses, pois envolve a produção de bens intangíveis e o fato de que consumir tais bens não implica sua posse. Quando isso ocorre, esses produtos nem sempre seguem a lógica capitalista do mercado de consumo - o qual busca vender mais quantidade do que qualidade - e a tendência é a de que não se consiga sustentar sua produção e distribuição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Madureira, M. S. B., & Pinto, R. S. (2007). Sustentabilidade do fazer artístico-cultural na cidade de Pelotas. Cadernos EBAPE.BR, 5(2), 1 a 7. Recuperado de https://periodicos.fgv.br/cadernosebape/article/view/5020
Seção
Artigos