A Capes, a universidade e a alienação gestada na pós-graduação

Conteúdo do artigo principal

Manoel Malheiros Tourinho
Maria das Dores Correia Palha

Resumo

 

O acrônimo Capes, no Brasil, é sinônimo de programas de pós-graduação. A Capes é uma Agência Governamental do Ministério da Educação que já existe há 62 anos. A sua missão fundamental é a capacitação do pessoal de nível superior para o ensino, e o seu desempenho é considerado excelente, como executora das políticas de capacitação do governo federal. Recentemente, no entanto, a Capes tem sido alvo de críticas de professores e pesquisadores das universidades públicas brasileiras, que hoje a percebem como uma organização pública que caminhou da informalidade e das boas ideias para uma ação centralizadora, intervencionista, inclusive com políticas e medidas que sempre favorecem as regiões mais desenvolvidas do país. Começa a surgir uma percepção crítica entre os acadêmicos professores que considera que o sucesso quantitativo da Capes favorece a alienação da universidade brasileira, principalmente por meio dos programas de pós-graduação, tanto Mestrado quanto Doutorado. Considerando essa discussão, o presente artigo adota o referencial teórico marxista para explicar como se efetiva o processo de alienação conduzido pela Capes e anuído pelas universidades. O artigo apresenta, indica e discute um caminho para romper com a alienação estabelecida por meio da mobilização dos instrumentos legais proporcionados pela Constituição Federal do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Tourinho, M. M., & Palha, M. das D. C. (2014). A Capes, a universidade e a alienação gestada na pós-graduação. Cadernos EBAPE.BR, 12(2), 270 a 283. Recuperado de https://periodicos.fgv.br/cadernosebape/article/view/9356
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Manoel Malheiros Tourinho, UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA - UFRA

 
Agronomo.Professor Emérito. Instituto socioambiental e dos recursos hidricos.(ISARH). Manejo comunitario dos recursos naturais

Maria das Dores Correia Palha, Universidade Federal Rural da Amazônia

Médica Veterinária, Professora Adjunta da Universidade Federal Rural da Amazônia e Doutora em Ciências Biológicas (Universidade Federal de Pernambuco, 1999)