A confiança para a manutenção de uma inovação democrática: o caso do orçamento participativo digital de Belo Horizonte

Conteúdo do artigo principal

Samuel Anderson Rocha Barros
http://orcid.org/0000-0001-8931-3262
Rafael Cardoso Sampaio

Resumo

Dada a crescente importância da internet como método de consulta dos cidadãos por parte da administração pública sobre políticas públicas, o presente artigo apresenta um estudo sobre como se configuram os sentimentos e impressões dos participantes dos fóruns on-line do Orçamento Participativo Digital (OPD) de Belo Horizonte. Trata-se de um caso especialmente profícuo para essa análise, uma vez que houve notável queda do número de participantes entre as edições, de modo que podemos investigar as razões para o desengajamento. Foi realizada uma análise de conteúdo de todas as mensagens dos fóruns on-line das edições de 2008 e 2011 (N = 2.370), com o propósito de identificar o sentimento dos cidadãos em relação à iniciativa, à percepção da eficácia da própria participação na produção das decisões, à percepção de ser bem representado. Os resultados indicam que a expressão de sentimentos dos cidadãos nos fóruns on-line é fundamental para a avaliação das políticas públicas em discussão e também do próprio instrumento de participação. Ademais, ponderamos os prejuízos resultantes da não consideração das opiniões e sentimentos manifestados pelos cidadãos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
BARROS, S. A. R.; SAMPAIO, R. C. A confiança para a manutenção de uma inovação democrática: o caso do orçamento participativo digital de Belo Horizonte. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, São Paulo, v. 22, n. 72, 2017. DOI: 10.12660/cgpc.v22n72.60133. Disponível em: https://periodicos.fgv.br/cgpc/article/view/60133. Acesso em: 12 jun. 2024.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Samuel Anderson Rocha Barros, Universidade Federal da Bahia

Doutorando em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA); pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Democracia Digital (CEADD).