A governança pública do carnaval em Salvador e Recife

Conteúdo do artigo principal

Antônio Sérgio Araújo Fernandes
https://orcid.org/0000-0002-4171-7759
Carlos Magno Diniz Guerra de Andrade
https://orcid.org/0000-0003-3111-6105
Daniele Pereira Canedo
Paulo Miguez
Alex Bruno Ferreira Marques do Nascimento
https://orcid.org/0000-0001-9860-7350

Resumo

O trabalho analisa o processo de governança pública do carnaval de modo comparado em Salvador (BA) e no
Recife (PE). Com base no conceito de Ostrom (1990) sobre common pool resources, desenvolveu-se a análise de
governança pública, tendo como objeto de análise a atuação dos respectivos conselhos municipais do carnaval
nas duas cidades – o Conselho Municipal do Carnaval e Outras Festas Populares (Comcar), em Salvador, e o
Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), no Recife, no ano de 2019. Utilizou-se no trabalho pesquisa
documental, com a apreciação das atas de reunião do Comcar e do CMPC, assim como os documentos legais
e regimentos internos ligados aos dois conselhos. Os resultados mostram aderência relativa aos conceitos de
governança de Ostrom (1990), e na análise comparada existem semelhanças e diferenças da governança pública
do carnaval nas duas cidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
FERNANDES , A. S. A.; ANDRADE, C. M. D. G. de; CANEDO, D. P.; MIGUEZ, P.; NASCIMENTO, A. B. F. M. do. A governança pública do carnaval em Salvador e Recife. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, São Paulo, v. 28, p. e89653, 2023. DOI: 10.12660/cgpc.v28.89653. Disponível em: https://periodicos.fgv.br/cgpc/article/view/89653. Acesso em: 14 abr. 2024.
Seção
Brasil Contemporâneo