Dogmática “opinativa”: o exemplo da função social da propriedade

Autores

  • Marcus Eduardo de Carvalho Dantas Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Palavras-chave:

Pesquisa em direito, Formalismo, Argumento de autoridade, Função social da propriedade, Ensino jurídico

Resumo

Trata-se de uma investigação por amostragem não probabilística do tipo intencional pura, abarcando elementos de teoria do direito, direito civil e direito constitucional e os estudos concernentes ao ensino jurídico. O objetivo inicial é desenvolver a conexão entre o “modelo de parecer”, tal qual pensado por Marcos Nobre, e a argumentação por autoridade, pensada por José Rodrigo Rodriguez, explicitando a dimensão “opinativa” existente na dinâmica argumentativa utilizada por uma parte não desprezível da dogmática jurídica brasileira. Feito o desenvolvimento, será possível investigar como o viés “opinativo” de parte da produção acadêmica dedicada ao tema da função social da propriedade – aqui tomada como exemplo –, produz uma visão distorcida do princípio constitucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-01-05

Edição

Seção

Artigos