Consubstanciação da imagem da Embrapa no campo científico

Conteúdo do artigo principal

Uajará Pessoa Araújo
Luiz Marcelo Antonialli
Mozar José de Brito
Almiralva Ferraz Gomes
Renato Ferreira de Oliveira

Resumo

O campo científico da agropecuária é objeto do estudo que tem como objetivoinvestigar a construção da posição dominante ocupada pela Embrapa entre asentidades que se voltam para esse domínio do saber e trazer algumas inferências.Na consecução desses propósitos, optou-se por empregar métodos bibliométricos esociométricos para uma leitura inscrita no paradigma positivista, considerando-omais próximo aos cientistas que compõem o campo em evidência, convidando-os àreflexão e facilitando-a ao utilizar métodos de mesma natureza de suas pesquisas.As evidências coletadas parecem indicar que a projeção da Embrapa não restouexplicada por mérito científico, o que implicou a necessidade de esquadrinharexplicações alternativas, quando se buscou em Bourdieu ferramental para a tarefa.Conclui-se que a Embrapa é central no campo estudado ao cuidar em projetar umaimagem, tão real quanto de fato, à medida que não é contestada além de reclamosnão sistematizados e que dispensam dados objetivos — situação que por si mesmaprovoca outro questionamento, também encaminhado na pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Araújo, U. P., Antonialli, L. M., Brito, M. J. de, Gomes, A. F., & Oliveira, R. F. de. (2011). Consubstanciação da imagem da Embrapa no campo científico. Revista De Administração Pública, 45(3), 775 a 811. Recuperado de https://periodicos.fgv.br/rap/article/view/7015
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)