Práticas das universidades federais no combate à COVID-19: a relação entre investimento público e capacidade de implementação

Conteúdo do artigo principal

Mateus Panizzon
Camila Furlan da Costa
Igor Baptista de Oliveira Medeiros

Resumo

Esse artigo busca analisar a relação entre os recursos públicos investidos nas universidades federais e sua capacidade de implementação de respostas à COVID-19. O artigo contribui, inicialmente, com um método de categorização para avaliação do direcionamento das práticas de combate à COVID-19 pelas universidades federais. A análise dos dados sinaliza uma tendência de relação positiva entre o nível de gastos executados e a capacidade de implementação de respostas por meio de projetos de pesquisa e de extensão, principalmente, para o desenvolvimento de tecnologias. Essa reorientação enseja uma discussão sobre desdobramentos para as políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação e para o fortalecimento do Sistema Federal de Educação Superior, de modo a garantir a infraestrutura necessária para a resolução de problemas complexos, como os gerados pela pandemia da COVID-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Panizzon, M., Costa, C. F. da, & Medeiros, I. B. de O. (2020). Práticas das universidades federais no combate à COVID-19: a relação entre investimento público e capacidade de implementação. Revista De Administração Pública, 54(4), 635–649. Recuperado de https://periodicos.fgv.br/rap/article/view/81877
Seção
Capacidades estatais na pandemia