Avaliação apreciativa de um Núcleo de Prática Jurídica

Autores

  • Rezilda Rodrigues Oliveira Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • Francinete Paula Alves Pereira Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

Palavras-chave:

Núcleo de Prática Jurídica, Faculdade de Direito do Recife, Desenho institucional, Avaliação apreciativa, Pesquisa colaborativa

Resumo

Este artigo busca fazer uma avaliação apreciativa do Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Direito do Recife (NPJ/FDR). Conforme o paradigma apreciativo utilizado, o referencial conjuga teoria, método e ação de forma alinhada com o modelo de 5-D (Definition/Discovery/Dream/Design/Destiny). Foi desenvolvida uma pesquisa exploratória, descritiva e colaborativa, para a qual foram feitos levantamento documental, oficinas e entrevistas. Como resultado, obteve-se evidências acerca do que funciona bem no NPJ/FDR, identificando-se áreas que requerem ajustes, inovações e melhorias. A conclusão aponta para uma experiência de avaliação, que contempla aprendizagem dos participantes e autoconhecimento do que faz a instituição, por meio dos que nela atuam. Ao final, o estudo destaca o papel desempenhado pelo NPJ na formação jurídica do aluno, em associação com os pontos fortes do desenho funcional adotado, de modo a atender às necessidades daqueles que o procuram em busca da prestação dos serviços que lhe cabe prestar à sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-07-28

Edição

Seção

Artigos