Proposta de um índice de desempenho para a Defensoria Pública da União

Autores

  • Bernardo Oliveira Buta Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas
  • Adalmir de Oliveira Gomes Universidade de Brasília
  • Carolina Menezes Lima Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Administração da Justiça, Desempenho judicial, Defensoria Pública, Índice de desempenho

Resumo

A Defensoria Pública da União (DPU) é um órgão essencial para o funcionamento do sistema de justiça, de modo que avaliar seu desempenho é fundamental para aperfeiçoar a prestação dos serviços de justiça no país. O presente artigo tem o objetivo de propor e testar empiricamente um índice de desempenho da DPU. Os dados foram coletados por meio de entrevistas com defensores e gestores e em bases oficiais secundárias do órgão, e examinados mediante análise de conteúdo e análise fatorial exploratória e confirmatória. Os resultados mostram que, na percepção dos entrevistados, o desempenho da DPU deve ter como base as seguintes categorias: produtividade, êxito, capacidade de atendimento, qualidade do serviço, celeridade, acesso, descongestionamento e atuação extrajudicial. Os resultados da análise fatorial demonstram a validade de um índice de desempenho composto por quatro fatores, quais sejam: atendimento ao cidadão, quantidade de assistidos, conciliações extrajudiciais e taxa de êxito. A aplicação do índice mostra que o desempenho da DPU vem se reduzindo ao longo dos últimos anos – 2014 a 2017.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-02-09

Edição

Seção

Artigos