Desregulamentação e continuidade na intervenção estatal sobre o domínio econômico: o caso das cotas de importação favorecida de açúcar

Autores

  • Caio Mario da Silva Pereira Neto Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas
  • Mateus Piva Adami Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas
  • Felipe Moreira de Carvalho Pereira Neto | Macedo Advogados

DOI:

https://doi.org/10.12660/rda.v272.2016.64302

Palavras-chave:

exportação de açúcar. “mercados preferenciais”. cota americana. livre-iniciativa. planejamento indicativo. sugar exportation. “preferential markets”. american sugar quota. free enterprise. limits to planification

Resumo

A desregulamentação de setores econômicos com histórico de forte intervenção estatal pode ser um processo marcado por contradições. Neste artigo, analisamos o caso da Lei no 9.362/1996, que desconstituiu mecanismos de intervenção históricos no setor açucareiro, mas manteve — e fortaleceu — um peculiar mecanismo de alocação de direitos de exportação para “mercados preferenciais” (países desenvolvidos que adotam medidas protecionistas para importações de açúcar). Argumentamos pela inconstitucionalidade da manutenção desse mecanismo, que estabelece reserva de mercado e substitui a lógica de funcionamento do mercado de exportações de açúcar por política de planejamento vinculativo.

 

Deregulation of industries with a strong background of state intervention may be a contradictory process. This article analyzes Law 9.362/96, which liberalized the sugar industry, but maintained — and reinforced — a peculiar mechanism for the allocation of import quotas for “preferential markets” (developed countries which adopt protectionist policies for sugar imports). We argue that this quota allocation mechanism is unconstitutional, as prevents access to sugar exportation by potential interested parties, replacing market mechanisms with a binding planification policy.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-11-01

Como Citar

Pereira Neto, C. M. da S., Adami, M. P., & Carvalho, F. M. de. (2016). Desregulamentação e continuidade na intervenção estatal sobre o domínio econômico: o caso das cotas de importação favorecida de açúcar. Revista De Direito Administrativo, 272, 175–208. https://doi.org/10.12660/rda.v272.2016.64302

Edição

Seção

Artigos